Os óleos essenciais não são gorduras

26-08-2022

SABIA QUE..... os óleos essenciais não são gorduras?

Os óleos essenciais chamam-se óleos, mas não são gorduras. Situação muito diferente dos óleos vegetais, que são gorduras e são normalmente viscosos.

Os óleos essenciais são extraídos de células secretoras de plantas aromáticas que produzem compostos naturais aromáticos. Eles podem existir em diferentes partes das plantas, como nas pétalas, cascas de frutas, raízes, folhas, galho, rizoma, resinas da casca ou nas sementes. São necessárias grandes quantidades de plantas para produzir apenas algumas gotas de óleos essenciais.

Os óleos essenciais são altamente concentrados e devem ser utilizados diluídos na pele. Os óleos essenciais devem ser diluídos em gorduras e não de dissolvem em água.

Os óleos essenciais são substâncias muito voláteis, pelo que evaporam muito facilmente. Eles não só se evaporam, como também as moléculas mais leves desaparecem primeiro, alterando assim a composição do óleo. Para impedir que isso aconteça é necessário fechar bem os frascos com tampa de enroscar.

Os óleos essenciais deterioram-se também com a luz, pelo que é aconselhável manter os óleos num frasco de vidro castanho ou âmbar, fechado hermeticamente e em temperaturas controladas. Não devem ser armazenados, por exemplo, na casa de banho onde a temperatura está sempre a variar.

Para além de perfumarem os óleos essenciais possuem inúmeras propriedades terapêuticas, pelo que quando incorporados no dia-a-dia podem trazer benefícios para a saúde física, mental e emocional.